Como funciona a Fibra Ótica?

05 mar 2020 Bruna Rocha

Fibra Ótica é a última tecnologia em transmissão de dados e já superou as opções anteriores, como o rádio e a energia elétrica.

Como funciona a Fibra Ótica?

Fibra Ótica é a última tecnologia em transmissão de dados e já superou as opções anteriores, como o rádio e a energia elétrica. Isso porque a diferença da fibra ótica para os cabos convencionais é que todo o sinal é transformado em luz por meio dos conversores integrados aos transmissores, garantindo ainda mais velocidade. 

Mas como o sinal vira luz?

Ao invés de transmitir as informações como elas chegam, os cabos de fibra ótica as transformam em luz e passam mais ou menos como um Código Morse. Quando a luz pisca dentro do cabo em certa frequência ou sequência, estamos transmitindo determinada informação. 

E não importa quantos dados precisam ser passados, todos serão convertidos e rapidamente transmitidos até o outro lado em uma velocidade incrível. 

Por dentro dos cabos de Fibra Ótica

A própria fibra ótica, nada mais é do que um canudo de vidro revestido por uma espécie de “espelho perfeito” de aproximadamente ⅛ de milímetro. A luz passa por esse vidro comprido que reflete absolutamente tudo que é incidido sobre ele. 

Assim, não importa se ele está distorcido ou mesmo curvo, pois, se há incidência de um dos lados, a luz chegará ao outro sem prejuízo e por isso ela oferece menos interferências. Esse canudo é coberto por um cabo, para melhor manuseamento, que possui algumas camadas: 

  • Núcleo: é onde realmente ocorre a transmissão dos pulsos de luz. Construído em vidro, é por esse canal que a luz viaja em longas distâncias e leva os dados de um ponto ao outro.
  • Camada de refração: é responsável pela propagação de todos os feixes. Cobrindo o filete de fibra de vidro, essa camada evita perdas no decorrer dos trajetos e é a parte mais importante do processo de transmissão de luz. 
  • Revestimento interno: isola todos os impactos externos e evita que a luz natural atinja as fibras de vidro internas, o que poderia resultar em interferências muito fortes no sinal.
  • Fibra de fortalecimento: a penúltima camada protege a fibra de vidro de quebras que podem acontecer em situações de torção do cabo ou impactos no transporte.
  • Proteção plástica: e por fim, uma proteção para evitar o desgaste natural e interferências no sistema. 

por dentro dos cabos de fibra ótica

Longas distâncias, mais estável e rápida

Tudo isso para garantir velocidades muito maiores do que as oferecidas pelos cabos de fios de cobre comuns. Essas tecnologias têm limites e não podem estar a mais de 1.500 metros de distância da central. Já a Fibra Ótica consegue atingir distâncias de 80 a 100 km. 

Além disso tudo, a Fibra Ótica consegue suportar 2,5 GB de capacidade, muito mais do que utilizamos em casa ou até em grandes empresas. Isso mostra que a tecnologia tem potencial para expandir e durar por muitos anos. 

Quer saber quanto de internet é necessária na sua casa? Leia nosso post!

Onde estamos:
SRTVS Quadra 701 Bloco “O” - Sala 244 - Edifício Multiempresarial
Shopping DF Plaza Águas Claras sala 201. Ligue agora: 61 3214 8200

Produção: Alerta!design