🥇 Reitec Fibra | Internet de qualidade em fibra óptica para todo o DF

5 dicas para evitar invasores e proteger o seu Wi-Fi

12 nov 2020 Bruna Rocha

Continue lendo e saiba mais sobre a importância de ter uma conexão segura e os 5 passos para evitar que pessoas não autorizadas utilizem o seu Wi-Fi.

5 dicas para evitar invasores e proteger o seu Wi-Fi

Você mantém o seu Wi-Fi sem senha e liberado para qualquer pessoa acessar? Ou empresta a senha para todos os vizinhos e amigos e já perdeu o controle de quem usa a sua rede?

Saiba que você está abrindo a sua rede para uma série de riscos e problemas, que podem ir desde lentidão e problemas de conexão, até fraudes e responsabilidade por crimes cibernéticos que você não cometeu. 

Ainda que esses problemas não estejam acontecendo na sua casa, é importante proteger o seu Wi-FI contra intrusos. Continue lendo e saiba mais sobre a importância de ter uma conexão segura e os 5 passos para evitar que pessoas não autorizadas utilizem a sua internet. 

Os riscos de compartilhar o Wi-Fi

Você finalmente contrata um plano de internet da Reitec que atende às suas necessidades e pode aproveitar a velocidade e os benefícios da Fibra Óptica. Então o seu vizinho, sabendo da novidade, pede para você compartilhar a senha do Wi-Fi com ele.

Ele então divide com todas as pessoas da casa, as visitas e, quando você menos percebe, não tem mais controle de quem está acessando a sua conexão. E é aí que podem surgir vários problemas.

Invasão de dados e perda da segurança

Quando você compartilha a senha do Wi-Fi, não está apenas compartilhando sua internet. Quem entra na sua rede pode ter acesso aos dispositivos que estão conectados a ela, aumentando a vulnerabilidade dos seus dados e as chances deles serem invadidos. 

A pessoa que tem a senha da sua internet pode bisbilhotar o que você está fazendo, os sites que está acessando e ter acesso a informações privilegiadas. 

Como utilizamos nossos celulares e computadores para transações importantes, como pagamento de contas, aplicações financeiras e até solicitação de documentos, seus dados podem ficar expostos. 

E mesmo que ele não faça isso, se o computador dele for contaminado por um vírus, ele pode se espalhar por todas as máquinas conectadas a ele. 

Queda na qualidade da conexão

Você está vendo um filme na plataforma de streaming que demora para carregar? Não consegue baixar arquivos grandes? Até um site simples demora para abrir? Antes de pensar que o problema está no provedor de internet, pense no número de pessoas que podem estar usando sua rede.

Na hora de escolher o pacote ideal, você deve levar em consideração a quantidade de dispositivos que serão conectados ao mesmo tempo. Quanto mais aparelhos conectados ao mesmo Wi-Fi, menor a velocidade e qualidade entregues para cada um. 

Quando há sobrecarga de dispositivos, além da lentidão, é possível ocorrer oscilação no sinal e dificuldade para o proprietário da rede utilizar a própria internet, visto que o roteador não “escolhe” para quem distribui a internet. Ele a divide entre todos os aparelhos conectados a ele. 

Responsabilidade jurídica pela rede

A internet oferece um universo de possibilidades de pesquisas, assuntos, dicas e tutoriais com pessoas de todos os lugares. Por outro lado, há muito conteúdo ilegal e, no mínimo, de ética questionável. 

Os jornais e canais de notícia estampam diariamente notícias sobre notícias falsas, produção de artefatos proibidos, fraudes bancárias, comércio irregular de produtos e serviços e até pedofilia. 

Se constatarem o uso da sua rede para fins ilícitos, o contratante da linha de internet é quem vai responder pela prática. É como se você emprestasse seu carro a um amigo, que atropelou um pedestre e fugiu sem prestar socorro. Você, como dono do carro, que será levado à Justiça e terá que provar que não era você que estava dirigindo no momento. 

Por isso, muito cuidado ao disponibilizar a sua rede (e seu carro) para outras pessoas. 

Como evitar invasores e proteger o seu Wi-Fi

Agora que você já entendeu a importância de não compartilhar a senha e manter a sua conexão Wi-Fi segura, confira cinco dicas para colocar em prática esses ensinamentos.

 1. Mude a senha do roteador

Como já explicamos acima, o principal erro quando se fala em segurança da conexão Wi-Fi é utilizar a senha original que veio no roteador ou, simplesmente, não usar qualquer senha. 

Depois que você configurar sua conexão, é interessante alterar a senha de acesso, inibindo que usuários tenham acesso a todas as configurações de sua rede. Se você precisa compartilhar sua senha com frequência, o ideal é modificá-la a cada seis meses ou um ano.

2. Crie uma senha de alto grau de segurança

Não adianta trocar a senha se ele for igual ao nome da rede ou uma combinação muito simples, como “123456”. Criar uma senha complexa é essencial para dificultar a vida de possíveis invasores.

Para criar uma senha forte:

  • Evite usar o seu próprio nome ou de filhos e parentes, datas de aniversário e endereços;
  • Use letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais;
  • Troque algumas letras por caracteres semelhantes. Assim, você pode usar uma palavra ou frase que faça sentido para você e transformá-la em uma senha forte, como “comput@dordab!a”. 

3. Mantenha o roteador atualizado

Os fabricantes fazem ajustes constantes nos mecanismos de proteção dos roteadores a fim de resolver falhas e proteger ainda mais a sua rede. 

A maioria dos dispositivos tem atualização automática. Se esse não é o caso, basta fazer a atualização no painel de administração do dispositivo. 

4. Crie uma rede para convidados

Boa parte dos roteadores modernos possibilita que os usuários  criem mais de uma rede por aparelho. Essa medida favorece a segurança, já que permite aos convidados navegarem na internet, mas sem acesso completo aos recursos da sua rede. 

5. Esconda a sua rede 

O SSID é o nome fornecido pelo roteador para que os dispositivos possam se conectar à rede. Quando você oculta o SSID, faz com que os novos dispositivos que queiram se conectar ao roteador, tenham que informar o nome exato da rede, além da senha em si.

Isso dificulta ainda mais o acesso e torna seu roteador mais difícil de ser invadido. Saiba mais sobre SSID aqui

Onde estamos:
SRTVS Quadra 701 Bloco “O” - Sala 244 - Edifício Multiempresarial
Shopping DF Plaza Águas Claras sala 201. Ligue agora: 61 3214 8200

Produção: Alerta!design